Visitas à sede

As visitas à Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do MERCOSUL (IPPDH) permitem aos visitantes visitar a sede do Instituto e conhecer suas funções e atividades no campo das políticas públicas de direitos humanos no MERCOSUL.

O  IPPDH foi criado pelo Conselho do Mercado Comum em 2009 com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do Estado de Direito nos Estados da região, através da concepção e monitoramento de políticas públicas de direitos humanos, e a consolidação dos direitos humanos como eixo fundamental da identidade e desenvolvimento do MERCOSUL.​

Entre as diferentes salas e espaços, o tour inclui a sala de exposição temporária e a sala de exposição permanente, bem como uma visita à Biblioteca Especializada em Políticas Públicas e Direitos Humanos.

 A sede da IPPDH está localizada no Espacio Memoria y Derechos Humanos ex ESMA, na cidade de Buenos Aires, Argentina.

A Escuela de Mecánica de la Armada (ESMA) foi um dos centros de detenção, tortura e extermínio mais importantes implementados pela última ditadura civil-militar na Argentina entre 1976 e 1983. É um símbolo do autoritarismo e de um período no passado recente caracterizado pela coordenação repressiva regional das ditaduras do Cone Sul da América Latina, que teve seu plano específico com a Operação Condor. Desde 24 de março de 2004, o local onde a ESMA estava localizada foi constituído como um Espaço de Memória e Direitos Humanos, aberto à comunidade para refletir sobre as graves violações dos direitos humanos, a fim de contribuir para a consolidação de uma cultura democrática e o pleno exercício dos direitos humanos.

As visitas podem ser feitas individualmente ou em grupo, por marcação.

No caso de grupos, escolas ou universidades, é organizada uma exposição sobre o papel da IPPDH no processo de integração regional.

Para informações, favor escrever para: info@ippdh.mercosur.int

Visitas de longa permanência

Desde 2015, a IPPDH tem um Programa de Visitantes Voluntários que facilita o intercâmbio de experiências e aumenta o conhecimento no campo das políticas públicas e dos direitos humanos.

Durante todo o ano, pessoas de qualquer nacionalidade interessadas em participar do programa por um período mínimo de 2 meses e máximo de 6 meses podem se candidatar. A experiência está aberta a estudantes, acadêmicos, pesquisadores e funcionários públicos para colaborar com as atividades e ações do Instituto.

Mais informações: https://www.ippdh.mercosur.int/programa-visitante-voluntario-2/?lang=pt-br

Projeto financiado com recursos do Fundo para a Convergência Estrutural do MERCOSUL
Creative Commons License Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.